«

Mar 20 2018

Imprimir Artigo

Azeitão Inclusivo nº23 – ELIS OSSMANE, UMA DEFENSORA DA DIFERENÇA, COM SENTIMENTOS INCLUSIVOS

Azeitao_Inclusivo Logo

Divulgamos aqui o número 23 da rubrica “AZEITÃO INCLUSIVO” ,publicado na edição impressa do Jornal de Azeitão de Março de 2018, com o título: “ELIS OSSMANE, UMA DEFENSORA DA DIFERENÇA, COM SENTIMENTOS INCLUSIVOS” , agradecendo à nossa convidada, ELIS OSSMANE, o “tempo inclusivo” que nos dispensou….vamos então conhecer “ELIS OSSMANE, UMA DEFENSORA DA DIFERENÇA, COM SENTIMENTOS INCLUSIVOS”? Aqui fica a entrevista, na íntegra:

” ELIS OSSMANE, UMA DEFENSORA DA DIFERENÇA, COM SENTIMENTOS INCLUSIVOS

A imagem Ilustra a publicação, do número 23 da rubrica "Azeitão Inclusivo", na edição de Março de 2018 do Jornal de Azeitão

A imagem Ilustra a publicação, do número 23 da rubrica “Azeitão Inclusivo”, na edição de Março de 2018 do Jornal de Azeitão

É com grande prazer , que partilhamos com todos os nossos estimados leitores um novo número da rubrica “AZEITÃO INCLUSIVO”. Neste nosso número 23, temos o prazer de receber ELIS OSSMANE, de 37 anos de idade, residente na Moita, licenciada em Saúde Ambiental. Atualmente ELIS está a concluir o mestrado em Ciências Empresariais, na Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Setúbal.

Elis recebeu-nos de braços abertos e ao longo de toda a conversa mostrou ser uma defensora da diferença, com sentimentos inclusivos, em relação a todos os seres humanos. Elis, em relação a Azeitão, tem na sua memória as nossas famosas tortas, os vinhos, as praias da Arrábida e a simpatia das suas gentes.

Questionada sobre o significado da palavra INCLUSÃO, quando aplicada às pessoas com deficiência e vista pelos olhos da sociedade, Elis refere: “Significa permitir que estes cidadãos tenham as mesmas oportunidades que todos os outros, permitindo-lhes desfrutar da vida, tanto quanto lhes for possível. (…) Eu represento uma grande parte da sociedade que, não “conhece” a deficiência…nós não sabemos o que estas pessoas sentem, o que estas pessoas gostariam de ter, não conhecemos os graus dos diferentes tipos de deficiência, não sabemos até onde estas pessoas podem ir”.

Na imagem podemos ver podemos a nossa convidada, ELIS OSSMANE, uma mulher africana, com cabelo preto curto , vistindo um colete preto e uma camisa clara.

Na imagem podemos ver podemos a nossa convidada, ELIS OSSMANE, uma mulher africana, com cabelo preto curto , vistindo um colete preto e uma camisa clara.

Mais à frente na conversa, e ainda relativamente à questão da criação de oportunidades, “Elis reflete:” Desde de que me conheço, naturalmente olho para todas as pessoas enquanto cidadãos, com direitos e deveres….eu Elis também já senti que não tinha acesso às mesmas oportunidades… já me senti discriminada”.(Muito pela sua cor de pele e origem). (…) “Se calhar, se não tivesse passado por isso, não pensava assim. Sou uma defensora da diferença! Sou contra qualquer tipo discriminação ou juízo de valor, (…) quem somos nós para julgar ou para dizer que o outro tem ou não tem direito”.

Elis relata-nos um episódio relativamente recente: “ Um dia, convidei dois casais amigos para jantar lá em casa, um dos membros de um desses casais, tem um filho que tem uma perturbação de socialização, quando eu fiquei a saber que ele vinha, quis-me preparar para agir o mais naturalmente possível, tentar não fazer nada (dentro das coisas que vamos sabendo por aí), que de alguma forma fosse menos adequado, que não o fizesse sentir bem em nossa casa”.

Elis tenta “passar” aos seus 3 filhos, os princípios de uma educação inclusiva, que tem por base o outro, enquanto ser humano, com capacidades e necessidades comuns.

Pedro Dias

azeitaoinclusivo( @ sign)pedrocvdias.pt  “

Conheça, em pormenor, todos os números, já publicados, na rubrica “AZEITÃO INCLUSIVO”

Conheça melhor o Instituto Politécnico de Setúbal

Marca “Pedro Dias – Uma Vida,Um Projecto!”

20 de Março de 2018

Conteúdo Relacionado

Print Friendly, PDF & Email
Partilhe nas Suas Redes Sociais Favoritas:

Link permanente para este artigo: http://www.pedrocvdias.pt/azeitao_inclusivo23/