JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.

»

Nov 18 2015

Imprimir Artigo

Testemunho de Manuela Marques

A imagem mostra um sorriso inclusivo (em verde e preto) Esse sorriso inclusivo á base do logotipo e de todo o trabalha feito na Marca "Pedro Dias - Um Vida, Um Projecto!"
Testemunho de Manuela Marques

Testemunho de Manuela Marques:

O próprio Estado cria também a discriminação porque, apesar de produzir legislação com vista à integração dessas pessoas no mercado de trabalho acaba por ser o primeiro a não dar cumprimento a essa legislação.

Embora a nossa sociedade ainda não esteja consciencializada para abrir portas de empresas e muito menos as portas do coração é, no entanto, de louvar a atitude de algumas autarquias locais que promoveram a integração de uma grande parte dessas pessoas nos seus quadros.

Concordo que crianças com deficiência possam ter convívio escolar, cultural e desportivo com outras crianças para que assim não se sintam marginalizadas mas integradas na vida societária.

No meu dia a dia, no tempo em que eu exercia a minha actividade profissional numa empresa, verifiquei que as pessoas com deficiência eram marginalizadas em relação àquelas que não eram portadoras de qualquer deficiência, por falta de condições de acesso a edifícios públicos, apoio moral, psicológico e técnico.

Alguns edifícios públicos já começam a ter algumas condições para o acesso dessas pessoas, mas a adaptação desses imóveis às condições das pessoas com deficiência tem custos elevadíssimos, motivo pelo qual as empresas não se mostram incentivadas a investir nessa área.

Seria bom que o Estado criasse mais incentivos fiscais motivadores para as empresas investirem nesse domínio.

De qualquer modo, a integração de pessoas deficientes como cidadãos normais na sociedade é um processo lento e depende da educação que nesse for dada às futuras gerações.

É preciso consciencializar as pessoas para que não haja descriminação e motivá-las para se atingir esse objectivo.

São necessárias pessoas com coragem, força e fé.

A Marca inclusiva”Pedro Dias Uma Vida Um Projecto!”  é bem a prova disso!

Bem Hajam!

Manuela Marques

68 anos

Reformada

18 de Novembro de 2015

Juntos somos mais, pela inclusão da pessoa com deficiência

Veja também todos os outros testemunhos 

Partilhe nas Suas Redes Sociais Favoritas:

Link permanente para este artigo: http://www.pedrocvdias.pt/testemunho-de-manuela-marques/